Presidenta da AMDEP destaca importância da posse das novas defensoras e defensores públicos de MT

03/11/2023 23/02/2024 13:20 406 visualizações

Foram empossados na última terça-feira, 31 de outubro, 10 Defensoras e Defensores Públicos e 10 servidoras e servidores, aprovados, respectivamente, no VI Concurso para seleção de defensores e II Concurso para seleção de servidores de apoio administrativo da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso.

A solenidade, que aconteceu no Teatro Zulmira Canavarros, contou com a presença de autoridades do Judiciário, órgãos autônomos, da Associação Mato-grossense das Defensoras e Defensores Públicos (AMDEP), Defensoras e Defensores Públicos, bem como de familiares e amigos dos empossados.



Em seu discurso proferido na cerimônia, a presidenta da AMDEP, defensora pública Janaina Osaki, destacou a relevância e o impacto da integração dos novos colegas para o trabalhado da DPMT e também para o fortalecimento da categoria. Ela ressaltou que as novas defensoras e defensores somarão forças para que a Defensoria Pública cumpra com esmero as suas funções. 

“A Defensoria Pública enquanto instituição vocacionada à promoção dos direitos humanos e a assistir e orientar todos aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade, vem a cada dia demonstrando a sua importância no cenário nacional e a realização deste concurso veio fortalecer ainda mais a instituição”, pontuou. 

Este foi o primeiro concurso da Defensoria Pública de Mato Grosso, que completará 25 anos em 2024, em que, tanto para o cargo de Defensor Público quanto para o cargo de servidor, foram observadas as cotas raciais. “Isso é um dado importante que demonstra o amadurecimento da nossa Defensoria enquanto instituição verdadeiramente democrática”, ressaltou Janaína Osaki. 

Com a incorporação destas 10 Defensoras e Defensores e dos novos servidores aos quadros da Defensoria Pública, a instituição poderá ampliar seu atendimento, devendo alcançar 81% das 79 comarcas do Estado.



Janaina Osaki lembra que isso vai representar mais acesso à Justiça para a população mais carente de Mato Grosso. Ainda segundo a presidenta da AMDEP, atualmente são 202 cargos providos de Defensor Público.

“Cada cargo provido, cada concursado nomeado, é um elo a mais a fortalecer nossa instituição e nossa categoria. E isso é fruto do trabalho árduo e sério de todos os que se dispõe a defensorar, de todos os que se dispõe a esperançar, de todos os que percebem que tocar uma vida, seja por uma orientação jurídica, seja na defesa criminal, seja na defesa cível ou mesmo pela simples disponibilidade de ouvir tem a força de mudar o mundo”, sintetizou Janaína Osaki dando as boas-vindas aos novos membros da Instituição. 

Para a presidenta da AMDEP, a cada dia a instituição Defensoria Pública ganha relevância e reconhecimento junto à sociedade brasileira. “A cada dia que passa a população alvo da Defensoria Pública, que chega ao marco de 85% da população brasileira, passa a tomar para si o conhecimento do trabalho da Defensoria e dele fazer uso. A cada dia que passa a classe política vem percebendo a importância da nossa instituição e do trabalho que desenvolve junto àqueles que antes eram invisibilizados, e que a quem Defensoria traz voz. E isso é visível, é visível o crescimento das Defensorias Públicas Estadual e da Federal e isso nos enche de orgulho e nos desafia a fazermos cada vez mais e melhor o nosso trabalho”, constatou. 

Conforme Janaina Osaki, a posição de destaque em que se encontra a Defensoria Pública é uma conquista de cada defensor, cada defensora, cada servidor e servidora da instituição. “Foi a dedicação, o empenho, o comprometimento e o trabalho de cada um e de cada uma, Defensora, Defensor, servidor, que trouxe e mantém a Defensoria Pública na qualidade de instituição do sistema de justiça melhor avaliada no país segundo apontou pesquisa da Fundação Getúlio Vargas realizada em 2019. Que possamos, e vamos, seguir assim! Sigamos evoluindo e servindo. Afinal, todas e todos estamos a serviço da população. E a população merece o melhor, o melhor atendimento, o melhor serviço que pudermos prestar”, finalizou a presidenta da AMDEP.